Pergunte à Joyce

Oração


 

Querida Joyce,
Existe alguém na sua vida cujas orações fizeram você sentir que houve uma grande diferença?
Robin

Robin,


Meu avô foi um grande homem que se sentava em uma cadeira de balanço com sua Bíblia e orava quase todos os dias. Ele estava doente há vários anos, e, embora houvesse grandes coisas que ele não pudesse fazer, ele podia orar. Ele nunca me disse de forma específica que ele orava por mim, mas creio que ele fazia isso.

Existem várias pessoas que oraram por mim diligentemente por anos, e as aprecio tremendamente. Também creio que existem milhões de pessoas que oram por mim, as quais nunca irei conhecer até chegar ao céu.

Respeito muito os intercessores (aqueles que oram pelos outros) e sei que sem eles seria difícil, se não impossível, fazer o que faço. Orar pelos outros é um dos maiores presentes que podemos lhes dar.

Joyce